quarta-feira, 3 de março de 2021

As mães estão precisando de ajuda


Todos sofrem com a pandemia, mas o peso é enorme pra quem tem criança pequena dividindo o home-office. Com o crescente perigo de contágio nas escolas, o alívio na tripla jornada delas ficou mais longe, e tá batendo um certo desespero. A saúde mental e emocional dessas trabalhadoras requer cuidados imediatos, com apoio das empresas que as contratam. [ leia: https://wp.me/pay7tX-90 ]

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2021

Práticas de 'disciplina positiva' aumentam agressividade


Estudo publicado no International Journal of Behavioral Development, com dados de 62 países, mostra que a prática de explicar à criança “por que seu comportamento está errado” leva a um aumento da agressividade da molecada, e também a uma maior dificuldade de concentração. [ leia: https://wp.me/pay7tX-8E ]

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Soul, uma animação pra quem já cresceu







Soul é uma animação maravilhosa, diversão garantida. Mas não para crianças pequenas.
[ leia: https://wp.me/pay7tX-8o ]  

sábado, 9 de janeiro de 2021

Cuidar de si, do outro e da Terra


Usamos máscara pra nos proteger do vírus que pode vir de alguém que se aproxima. E usamos máscara pra proteger esse mesmo alguém do vírus que pode estar em nós. É curioso que a pandemia nos obrigue a pensar constantemente nessa interdependência dos indivíduos.
[ leia em https://wp.me/pay7tX-7U ]  

segunda-feira, 1 de junho de 2020

A grandeza de ser mãe e pai nesses dias






Talvez seja pedir muito aos adultos, já tão sofridos e temerosos sobre o futuro, que tenham disponibilidade também para ajudar os pequenos em seus ataques de ranhetice, ansiedade, raiva, pavor… Há momentos em que mães e pais mal podem dar conta da sua própria ansiedade. Mas a prática demonstra que essa ajuda vai ter de rolar de alguma forma, seja no varejo do dia a dia ou numa crise por acúmulo.

[ leia em https://wp.me/pay7tX-7y ] 

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

Eles conspiram contra nós?



Parece haver alguma má-intenção naquele moleque que derrama o suco de frutas vermelhas na roupa de festa quando a família está pronta para sair. E parece haver alguma disposição diabólica na criaturinha que teima em mexer nos botões do fogão, na gaveta de talheres ou no notebook da mamãe, mesmo que ela a tenha proibido mil vezes e esteja agora dizendo “nããããão…” com voz e olhos de bruxa. Essa sensação é compartilhada por muitos genitores, e mesmo entre os mais esclarecidos tem se popularizado a ideia de que os pequenos querem nos sacanear.  [ leia em https://wp.me/pay7tX-79 ]  

sábado, 1 de fevereiro de 2020

Criança prefere aprender com quem tem informações consistentes





Crianças de 4 e 5 anos são capazes de identificar pessoas que lhes dão informações infundadas ou erradas, e evitam contar com elas como fontes de informações e aprendizado. Os pequenos sabem distinguir quem afirma algo a partir de observações e evidências, que se prova na realidade, de quem não sabe do que tá falando, mesmo posando de entendido. Esses são os principais resultados de experimentos divulgados pela Universidade de Brithish Columbia, no Canadá, e reforçam a importância da postura clara e coerente dos adultos na relação com a molecada. É a sua credibilidade que está em jogo. [https://wp.me/pay7tX-70]